Corpos, Poeira e Rastros no Linho: tirando os excessos 

Excessos.jpg
Identidade.jpg

Esta pesquisa relaciona-se com corpos, excessos e poeira. A poeira está muito presente... na casa, no ateliê, no cheiro. Por onde olho, tudo está coberto de poeira e embaçado. Esse rastro me cobra mudanças de atitude... olho para a poeira tomar conta de tudo, me recuso a tirá-la... cansaço. A poeira funciona como uma cobrança, lembrando-me que não estou cuidando da casa da forma devida e “consequentemente” nem dos outros que lá habitam. Ela virou um peso....um outro que me olha. A poeira é em parte solidão e parece confrontar a obra de arte asséptica. A poeira me embaça a vista, cobre silenciosa....